Sucesso de mercado: a Evonik celebra a 500ª planta para a purificação de biogás usando as membranas SEPURAN Green

1 semana atrás 73 visualizações
LinkedIn
Biogas wird durch Fermentation von Biomasse hergestellt. Durch Nutzung von SEPURAN® Green Membranen kann Biogas einfach und effizient zu hochreinem Biomethan aufbereitet und als klimafreundliche Energiequelle genutzt werden. (©Evonik).0.0.001
Plant for biogas upgrading in the Walloon region of Belgium under construction. A project of the French plant manufacturer Prodeval on behalf of the Belgian company Biométhane du bois d’Arnelle.
Anlage zur Biogasaufbereitung in der Region Walloon in Belgien. Ein Projekt des französischen Anlagenbauers Prodeval im Auftrag der Belgischen Firma Biométhane du bois d’Arnelle.

Na região da Valônia, Bélgica, está em construção a 500ª planta para a
purificação de biogás usando as membranas SEPURAN Green da Evonik. A empresa
de especialidades químicas está comemorando mais um marco em sua jovem
história como provedor tecnológico para a separação de gás por membrana.

Desde que o produto foi lançado em 2011, a Evonik vem trabalhando com
parceiros selecionados no desenvolvimento de sua tecnologia de membranas
para estabelecer um novo padrão de qualidade na purificação de biogás. Dessa
maneira, o Grupo está fazendo uma contribuição importante no fornecimento
descentralizado do biometano como fonte de energia amigável ao meio
ambiente.

Processo patenteado de 3 etapas para aumento da eficiência

A planta comemorativa é um projeto de biogás do fabricante francês de
plantas químicas por encomenda da empresa belga Biométhane du bois
d’Arnelle. Nessas instalações, 55.000 toneladas de substrato orgânico, um
terço das quais são matérias-primas renováveis, um terço subprodutos da
produção de alimentos e um terço dejetos da produção animal, são usadas
anualmente para produzir biogás. Na primeira instância, produz-se, com isso,
1.400 Nm3 / biogás. Dois terços dessa produção é transformada em biometano
de alta pureza usando as membranas SEPURAN Green da Evonik e transferido
para a rede de gás local como fonte de energia amigável ao meio ambiente,
tendo como objetivo uma matriz energética mais limpa. Um terço do biogás
produzido é usado para a geração local de eletricidade.

“Já faz anos que confiamos na tecnologia SEPURAN Green. No projeto de
Valônia, nós interconectamos as membranas usando o processo patenteado de 3
etapas da Evonik, que permite a produção altamente eficiente de biometano”,
diz Sébastien Paolozzi, CEO da Prodeval. “Do ponto de vista da construção de
plantas produtivas, a tecnologia de membranas convence com sua
flexibilidade, escalabilidade, facilidade de manuseio e disponibilidade da
planta. Tudo isso junto assegura a implementação de projetos dentro do prazo
para todos os tamanhos e capacidades de plantas, sem esquecer da operação
econômica”.

No futuro, a produção de biogás na região belga da Valônia, será duplicada
em etapas. O biometano purificado será disponibilizado ao setor de
transportes por meio da rede de postos local como combustível sustentável,
reduzindo, dessa maneira, as emissões locais de gases estufa causadas pelo
setor.

“Com o poder de inovação da Evonik, em menos de dez anos, nós transformamos
a empresa em líder tecnológico global na separação de gás por membranas e
exercemos um impacto decisivo no mercado global de biogás”, enfatiza Dr.
Goetz Baumgarten, responsável por Membranes Innovation Growth Field na
Evonik. “Em estreita cooperação com nossos parceiros, como as empresas
Envitec Biogás, Tecno Project Industriale, Hitachi Zosen Inova, Bright
Biomethane e Prodeval, estamos estabelecendo novos padrões de eficiência de
processo e produção de metano. A nossa tecnologia de membranas se
transformou no novo padrão de qualidade na purificação de biogás”.

O biometano é um importante componente no mix de energias renováveis,
juntamente com as tecnologias solar e eólica. Durante anos, a Europa, com a
França como pioneira, desempenhou papel de liderança na produção de biogás
em escala internacional. Hoje, muitos outros países da Europa, como Itália,
Bélgica ou Países Baixos, mas também as grandes economias dos EUA e da
China, estão apostando nessa fonte de energia amigável ao meio ambiente.

Membranas SEPURAN Green para a purificação eficiente de biogás

O biogás é produzido pela fermentação da biomassa – uma substância orgânica
que consiste, por exemplo, de dejetos como chorume e lodo de efluentes, ou,
ainda, de matérias-primas renováveis. As membranas de fibras ocas
particularmente seletivas SEPURAN Green da Evonik purificam, de maneira
fácil e eficiente, o biogás bruto, que consiste no portador de energia
biometano mais dióxido de carbono, transformando-o em biometano de alta
pureza. Essa fonte de energia amigável ao meio ambiente pode ser usada para
gerar eletricidade e calor ou ser aproveitada como combustível. As membranas
são produzidas em um polímero de alta performance especialmente desenvolvido
pela Evonik que é altamente resistente do ponto de vista de pressão e
temperatura.

Quando comparado com outros processos de purificação de biogás como lavagem
com água pressurizada, adsorção por variação de pressão ou lavagem com
aminas, a tecnologia de membrana da Evonik apresenta vantagens
significativas: ela requer comparativamente pouca energia e não necessita de
quaisquer materiais auxiliares ou produtos químicos e não gera a produção de
resíduos ou efluentes que, de outra maneira, teriam de ser tratados ou
eliminados.

As membranas SEPURAN® Green são produzidas na unidade da Evonik em
Schörfling , Áustria. O material básico – o polímero de alta performance – é
produzido na unidade vizinha, em Lenzing.

Fonte: Tecnologia de Materiais

Tags: produção evonik green membranas biogás

Leia a notícia inteira