Soja: vendas avançam e preços da nova safra têm alta

1 semana atrás 42 visualizações
LinkedIn

preço soja

Foto: Daniel Popov

O mercado brasileiro de soja abriu a semana com preços regionalizados, mas com destaque para a firmeza nas cotações da safra nova. A alta do dólar e de Chicago assegurou a firmeza em algumas regiões.

Brasil volta a embarcar 1 milhão de toneladas de soja na semana Soja: colheita acelera mas ainda é a mais lenta da década, diz AgRural

As negociações foram moderadas, mas melhoraram, envolvendo cerca de 50 mil toneladas. O produtor segue atento à evolução da colheita. Ainda há excesso de umidade e atraso, mas houve avanços localizados, principalmente em Minas Gerais.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 163 para R$ 164. Na região das Missões, a cotação aumentou de R$ 162 para R$ 163. No porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 164 para R$ 165.

Em Cascavel, no Paraná, o preço baixou de R$ 157 para R$ 156 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca seguiu em R$ 164.

Em Rondonópolis (MT), a saca subiu de R$ 153 para R$ 157,50. Em Dourados (MS), a cotação passou de R$ 153 para R$ 150. Em Rio Verde (GO), a saca subiu de R$ 151 para R$ 152.

Chicago

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a segunda-feira, 22, com preços mais altos. A previsão de estoques dos Estados Unidos em 2021 abaixo do esperado pelo mercado seguiu garantindo a presença de fundos e especuladores na ponta compradora.

O bom desempenho do petróleo na abertura da semana e o resultado positivo das inspeções para exportação americana da oleaginosa completaram o cenário positivo para as cotações.

Os contratos da soja em grão com entrega em março fecharam com alta de 6,50 centavos de dólar por libra-peso ou 0,47% a US$ 13,83 por bushel. A posição maio teve cotação de US$ 13,87 por bushel, com ganho de 7,50 centavos ou 0,54%.

Nos subprodutos, a posição maio do farelo recuou US$ 0,70 ou 0,16% a US$ 422,90 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em maio fecharam a 47,22 centavos de dólar, com ganho de 0,33 centavo ou 0,7%.

Dólar

O dólar comercial encerrou a sessão com alta de 1,3%, sendo negociado a R$ 5,4540 para venda e a R$ 5,4520 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,4330 e a máxima de R$ 5,5340.

Fonte: Canal Rural - Agricultura

Tags: soja alta preços saca dólar

Leia a notícia inteira