Soja: o que vai merecer a atenção do produtor na semana que vem

2 semanas atrás 49 visualizações
LinkedIn

Acompanhe abaixo os fatos que deverão merecer a atenção do mercado de soja na semana que vem. As dicas são do analista da Safras Consultoria, Luiz Fernando Gutierrez Roque:

Os players do mercado da soja permanecem com as atenções voltadas para o clima para o avanço dos trabalhos de plantio e desenvolvimento inicial da nova safra brasileira. A evolução da colheita nos EUA e sinais de demanda chinesa pela soja norte-americana também chamam a atenção. Fechando o quadro de fatores, o mercado aguarda pelo relatório de oferta e demanda de outubro do USDA, que pode trazer novidades importantes. O retorno da umidade para os principais estados produtores do Brasil tem incentivado os produtores a avançarem com os trabalhos de plantio da nova safra. As máquinas começam a avançar em ritmo acelerado nos estados da faixa central e parte da região Sul. Alguns estados do Norte e do Nordeste também começam a registrar as primeiras movimentações. As previsões climáticas apontam para grandes acumulados de precipitações nas regiões Sul, Sudeste e parte do Centro-Oeste nos próximos 7 dias, o que embora seja favorável para as lavouras já semeadas pode impedir um melhor avanço das máquinas em alguns estados. De qualquer maneira, é importante estarmos vendo o retorno das chuvas para todo o país, visto a necessidade de recuperação da umidade dos solos, principalmente nos estados da faixa central. As condições para um bom desenvolvimento inicial das lavouras brasileiras estão melhorando. Nos EUA, os trabalhos de colheita da nova safra continuam avançando em ritmo acelerado, acima da média normal para esta época do ano. O clima pouco úmido tem possibilitado um bom avanço das máquinas. As previsões climáticas apontam para chuvas um pouco mais volumosas nos próximos dias na metade norte do cinturão, o que pode impedir um melhor avanço dos trabalhos. Apesar disso, não devemos ter problemas relevantes durante a colheita. A entrada da nova safra dos EUA traz uma pressão adicional para Chicago. Nesta última semana, não foram anunciadas novas vendas de soja dos EUA para a China devido aos feriados no país asiático. Já nos próximos dias, com o retorno das atividades, novas vendas devem ocorrer. O relatório do USDA de outubro, que será divulgado no próximo dia 12, certamente trará muita agitação para o mercado. Após o USDA surpreender em seu relatório de estoques trimestrais, os players esperam por ajustes importantes nos números de oferta e demanda dos EUA, o que pode mudar o panorama do mercado. A tendência é o USDA trazer ajustes positivos em números de produção e de estoques, o que pode ser negativo para Chicago. Esperamos muita volatilidade após o relatório.

Fonte: Canal Rural - Agricultura

Tags: mercado safra soja eua estados

Leia a notícia inteira