Soja: clima nos EUA é o que vai determinar os preços, diz Brandalizze

1 semana atrás 103 visualizações
LinkedIn

A produção de grãos no Brasil deve atingir o recorde de 273,8 milhões de toneladas na temporada de 2020/2021. O dado faz parte do 7º levantamento divulgado nesta quinta-feira, 8, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O crescimento é de 6,5%, ou 16,8 milhões de toneladas, em relação ao ano anterior.

No caso da soja, que tem o Brasil como maior produtor mundial, o volume deve alcançar novo recorde, estimado em 135,5 milhões de toneladas, 8,6% ou 10,7 milhões de toneladas superior à produção da safra 2019/20.

Segundo o analista de mercado Vlamir Brandalizze, o mercado já trabalhava com uma safra de soja neste patamar, então o número da Conab não deve provocar quedas nos preços. Para ele, o que vai mandar nas cotações é o clima nos Estados Unidos. “Se o clima for favorável lá, teremos um crescimento importante de área e produção, levando à recuperação dos estoques americanos”, diz.

Abril: preços da soja podem seguir em alta no Brasil e em Chicago, afirma Conab

Brandalizze lembra, ainda, que boa parte das 135 milhões de toneladas já foram negociadas – a estimativa dele é de 85 milhões de toneladas vendidas. O restante da produção 2020/21 deve ser negociada aos poucos, com produtores capitalizados.

Fonte: Canal Rural - Agricultura

Tags: toneladas milhões soja produção deve

Leia a notícia inteira