Retorno seguro à sala de aula

2 meses atrás 94 visualizações
LinkedIn

Abralimp lança em parceria com ABNT o documento PR 1004-3 contendo práticas recomendadas para a higienização de ambientes escolares

Muito se tem falado a respeito do retorno às aulas, principalmente no que tange à segurança de alunos, docentes, funcionários e suas respectivas famílias. Dada a importância do assunto a Abralimp em parceria com a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) desenvolveu o documento PR 1004-3 (Prática Recomendada) – Protocolo de retomada presencial segura nas organizações educacionais – Orientações sanitárias e administrativas.

Para tanto, as duas entidades atuaram por intermédio de comissões compostas por equipes técnicas e multidisciplinares com a participação do pró-reitor do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas (UDC Foz), Fábio Hauagge do Prado.

O objetivo da iniciativa é auxiliar o setor educacional com informações fundamentadas em legislações vigentes, normas e estudos científicos, além de manuais nacionais e internacionais organizados em um único documento rico em conteúdo técnico. Com uma abordagem simples e didática a PR 1004-3 servirá para auxiliar os gestores de instituições de ensino a organizar o processo de retomada das aulas presenciais.

No material estão desde questões sobre como realizar as atividades de limpeza; disposição física de mobiliário em sala de aula; como recepcionar os alunos; cuidados no transporte até como o aluno pode se preparar para a estada na escola.

Tudo foi compilado considerando as melhores práticas para o combate à Covid-19 disponíveis até o momento com informações da própria Abralimp (clique aqui para acessar o Manual de Escolas), da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), da ABNT e demais órgãos internacionais.

“A PR 1004-3 foi elaborada para acompanhar a jornada do estudante desde sua casa, passando por seu trajeto até a instituição de ensino, sua permanência durante as aulas e seu retorno à casa. Portanto não se trata de um documento somente voltado à orientação na gestão dos espaços, mas também para ajudar os gestores a orientarem pais e alunos”, explica o Carlos Eduardo Panzarin de Castro Mello, diretor técnico da Abralimp e integrante do grupo responsável pela produção do documento.

“Buscamos ampliar as fontes de conhecimento para uma retomada segura das atividades escolares com conteúdo que destaca o conhecimento técnico em limpeza da Abralimp aliado ao conhecimento técnico da ABNT na elaboração de normas e procedimentos. O resultado é uma fonte confiável para consulta”, destaca o diretor.

Thiago Lopes, conselheiro técnico da Abralimp também com participação na iniciativa faz coro às colocações de Mello e acrescenta: “não temos dúvidas que a aplicação das ações contidas nesse documento contribuirá, e muito, para diminuir a disseminação do vírus e, consequentemente, salvar vidas.”

Práticas recomendadas

A PR 1004-3 é um material com enfoque em questões comportamentais, higiene pessoal e ambiental, além de comunicação didática. “Além disso, também aborda o conceito de bolhas de convivência e estações self cleaning – principais pontos na minha avaliação”, pontua Lopes.

De acordo com ele, a criação de grupos de escolas para diminuir a interação social entre os alunos, professores e funcionários é uma medida simples, mas bastante efetiva para a redução do risco de contaminação.

“Da mesma forma, o compartilhamento da responsabilidade da higienização dos ambientes com todos que nele convivem e a possibilidade do próprio aluno higienizar a sua estação de estudo, convívio ou alimentação faz com que haja um envolvimento maior entre eles, aumentando a segurança do ambiente e liberando os colaboradores da higienização para realização de outras tarefas. São mais cabeças e braços trabalhando com o mesmo objetivo”, enfatiza Lopes.

Desafios

Mas os desafios da retomada segura das atividades escolares envolvem diversos pontos, entre eles a orientação dos profissionais que atuam na linha de frente quanto às medidas de proteção individual.

“Isso é importante para que os colaboradores trabalhem de forma segura reduzindo risco de contaminação”, enfatiza Mello esclarecendo a importância da correta utilização dos EPI´s (equipamentos de proteção individual).

Em segundo lugar vem o preparo do time sobre as técnicas de limpeza para higienizar as superfícies, assim como os produtos adequados para utilização. “Além disso, é importante mapear dentro da instituição os pontos de maior contato das mãos e locais onde a possibilidade de contágio possa ocorrer, para, desta forma, montar um plano de limpeza focado nestas áreas.”, acrescenta.

Segundo Mello é importante que as equipes utilizem essas informações como base para executar os procedimentos empregando as melhores técnicas a fim de alcançar a efetividade da higienização.

Lopes também reforça que a limpeza deve estar no radar da comunicação dos estabelecimentos. “Para isso é importante comunicar toda a comunidade escolar de maneira eficaz, didática e contínua. Isso gerará envolvimento, engajamento e acredito ser o maior desafio, uma vez que após um ano de pandemia e início da vacinação dados demonstram certo relaxamento com as ações profiláticas de distanciamento, higiene das mãos e ambiental”, pontua.

Lição de casa

 Mello relembra que a conscientização é de suma importância para sensibilizar o aluno sobre o papel na manutenção dos ambientes limpos e seguros. “Ambientes limpos não são feitos somente pelo time de limpeza. Quando o usuário se conscientiza que também é parte do processo, tomando atitudes simples como higienização frequente das mãos, descarte correto de lixo, etiqueta para tossir e espirrar, a equipe responsável pela higienização não é sobrecarregada e assim consegue realizar suas atividades corretamente”, salienta.

Ainda segundo ele, às instituições de ensino cabe a tarefa de orientar alunos e colaboradores, demonstrando qual o papel de cada um no processo de manutenção de ambientes limpos e seguros.

Fonte: ABRALIMP e ABNT.

Foto/Divulgação: ABRALIMP.



Fonte: Revista Higiplus

Tags: documento limpeza abralimp higienização mello

Leia a notícia inteira