No primeiro trimestre de 2021, região Sul gerou quase 80% da receita cambial da carne de frango

1 mês atrás 50 visualizações
LinkedIn

Por

No primeiro trimestre de 2021, três das cinco regiões geopolíticas do País registraram aumento na receita cambial da carne de frango: Centro-Oeste, Nordeste e Norte. Ou seja: Sudeste e Sul permaneceram com resultados negativos. Mesmo assim, o Sul continuou respondendo por quase 80% da receita cambial gerada pelo produto no trimestre.

Porém, considerado que a maior parte das exportações da região Centro-Oeste é efetuada por empresas sediadas no Sul do País, a participação sobe para mais de 90% e até o resultado do trimestre se torna positivo, com aumento de 0,20%.

Mas, voltando à região Sul, a queda de receita do período foi determinada por Paraná (- 7%) e Santa Catarina (quase 14% a menos), pois o Rio Grande do Sul, a despeito de uma queda de 2,50% no volume embarcado, registrou um aumento de 2% na receita cambial, resultado que mostra melhora nos preços praticados.

No trimestre, outras seis Unidades Federativas continuaram apresentando queda na receita cambial. Mas embora outras Unidades tenham registrado percentuais de quedas mais elevados, a perda mais significativa foi a de São Paulo, cuja receita no período ficou cerca de 30% abaixo da obtida no mesmo trimestre de 2020.

AviSite

Fonte: Animal Business Brasil

Tags: sul trimestre queda receita cambial

Leia a notícia inteira