Mercado mundial de embalagens atingirá US$ 1 trilhão em 2024

1 semana atrás 16 visualizações
LinkedIn

Postado por ABRE

22/02/2021

O mercado mundial de embalagens saltou de um total global  de US$ 861 bilhões em 2014 para US$ 891 bilhões em 2018 e deverá alcançar a marca de US$ 1 trilhão em 2024, é o que mostra o estudo The Future of Global Packaging to 2024.

A Ásia é agora o maior mercado e respondeu por 40,6% do consumo mundial de embalagens em 2018. A América do Norte está em segundo lugar com 22,6% do consumo mundial de embalagens, à frente da Europa Ocidental com 20,3%.

Mercados em desenvolvimento

O mercado se beneficiará do aumento da renda real do planeta nos próximos anos, além do crescimento populacional, da crescente urbanização e do desenvolvimento adicional de uma infraestrutura de varejo nas nações emergentes e em desenvolvimento da Ásia, África, Oriente Médio e Europa Oriental.

Isso fará com que o consumo de embalagens de todas essas regiões registre um crescimento mais rápido do que a taxa média do mercado mundial no período de cinco anos até 2024. Em contraste, mercados mais maduros – América do Norte, Europa Ocidental e Australásia – têm previsão de crescimento mais lento, colocando uma nova ênfase na necessidade de inovação e diversificação para fornecedores de embalagens.

A China é o maior consumidor de embalagens do mundo, com consumo de US$ 207 bilhões em 2018, à frente dos EUA com US$ 173 bilhões e do Japão com US$ 48,5 bilhões. Nos últimos cinco anos, o crescimento mais rápido veio da Índia, no valor de US$ 40,1 bilhões em 2019, ultrapassou a França e a Alemanha e se tornou o quarto maior mercado do mundo.

Demandas de materiais

O papelão ainda é o material de embalagem mais usado, respondendo por cerca de um terço do consumo do mercado mundial de embalagens, seguido por embalagens de plástico flexíveis com 25,5%, plásticos rígidos com 18,7% e metal com 12,1%, embalagens de vidro com 5,8% e outros materiais de embalagens com 4,7%.

O forte crescimento das compras online – sobretudo no cenário de pandemia – desafia os designers de embalagens de papelão ondulado no desenvolvimento de opções de embalagens sem “frustração”. No varejo convencional, as empresas de embalagens de papelão ondulado estão enfatizando as embalagens prontas para prateleira para reduzir a carga de trabalho para desembalar antes de colocar no display.

O plástico flexível em todo o mundo deve crescer na taxa mais rápida entre 2019-2024, seguido por plásticos rígidos e papelão. A crescente demanda do setor de varejo por uma vida útil estendida para produtos embalados e a demanda do consumidor por produtos de conveniência estão impulsionando as vendas de filmes de embalagem de barreira. Muitos setores de uso final diferentes estão adotando soluções de embalagens flexíveis multicamadas, incluindo filme metalizado.

Há uma pressão pública crescente, agora apoiada por legislação como a Diretiva de Plásticos de Uso Único da UE, para limitar o uso de formatos de plástico. Em resposta, proprietários de marcas e cadeias de varejo estão se comprometendo a eliminar gradualmente os materiais de embalagem flexível de várias camadas e não recicláveis em favor de alternativas mais sustentáveis.

(Fonte: G1, 08 de fevereiro de 2021)

Fonte: ABRE - Associação Brasileira de Embalagem

Tags: mercado bilhões embalagens mundial crescimento

Leia a notícia inteira