Ibema traz solução para economia circular em evento da ABRE

1 mês atrás 109 visualizações
LinkedIn

Lendo Agora

Ibema traz solução para economia circular em evento da ABRE

Fórum virtual apresenta perspectivas para a maior sustentabilidade na indústria e logística reversa

Você sabia que as embalagens de papelcartão de alimentos, bebidas, cosméticos ou remédios jogadas no lixo são preciosas? Os fabricantes desse material têm feito uma força-tarefa para receber de volta a matéria-prima e reciclá-la adequadamente.

Basta um pouco de atenção para o correto descarte: esvaziar e higienizar a embalagem por completo, separar os diferentes materiais e garantir sua destinação segregada de produtos contaminantes e orgânicos. Esse será um dos temas do Fórum ABRE de Economia Circular, que acontece de 15 a 17 de junho. A ideia é alavancar impactos positivos em todo o escopo ESG, ou seja, ambientais, sociais e de governança. A Ibema, uma das empresas protagonistas do mercado global de embalagens, é patrocinadora ouro do evento.

No dia 16, às 9h40, a empresa apresenta sua solução para esse ciclo virtuoso: o Ibema Ritagli. Trata-se de um papelcartão com 50% de fibras recicladas, sendo 30% material pós-consumo, e mantendo a rigidez competitiva. Na mesa “Construção de caminhos para a circularidade”, a gerente de SGI, Qualidade e Meio Ambiente da Ibema, Andrea Lacerda Pegorini, apresenta detalhes do produto e do funcionamento da cadeia que permite seu retorno à fábrica. “A embalagem é parte fundamental da rotina das pessoas e das dinâmicas do varejo, mas como fica o equilíbrio ambiental após o consumo?”, ela pontua.

Ela complementa ainda que, para o brand owner, o Ritagli é a chance de elevar o cumprimento das metas exigidas pela Plano Nacional de Resíduos Sólidos, com um produto de alta performance. “O produto permite de destinar embalagens pós-consumo para a produção de matéria-prima reciclada, que dará origem a novas embalagens, num ciclo virtuoso.”

Conheça o versátil papelcartão

O material tem como base a celulose, resultante principalmente do beneficiamento da madeira de florestas plantadas e da reciclagem de aparas de papel geradas durante o processo industrial. Sabe-se que o Brasil é pioneiro em sustentabilidade e manejo responsável, com toda a produção nacional proveniente de florestas plantadas, as quais ocupam 7,84 milhões de hectares, o correspondente a 0,9% do território nacional.

Biodegradável e 100% reciclável, o papelcartão permite confeccionar caixas, sacolas e outras embalagens de cosméticos, medicamentos e bebidas, oferecendo inúmeras possibilidades de design e ótima qualidade para impressão, além de ser uma ótima ferramenta de comunicação.

Com a pandemia e o aumento da demanda e do consumo doméstico, verifica-se um maior comprometimento dos brasileiros com a procedência das embalagens utilizadas, bem como com seu descarte – e esse fato está na mira dos grandes fabricantes em seus planejamentos.

Todas essas informações servem de base para alimentar o Observatório da Reciclagem ABRE, um grupo de estudos que irá dissecar o sistema de logística reversa no país e seus gargalos. A Ibema também realiza o patrocínio diamante dessa iniciativa, ciente de seu papel de liderança no quesito sustentabilidade.

albany 728

Fonte: Celulose Online

Tags: nacional embalagens sustentabilidade permite ibema

Leia a notícia inteira