Higicon: Painel – Higienização profissional de tecidos com processos e tecnologias para baixa temperatura e os fatores inerentes a durabilidade dos enxovais

2 meses atrás 181 visualizações
LinkedIn

Durante o painel mediado por Thiago Lopes, representante da Câmara de Químicos com participação de Bruno Caldeira, Camila Mieko Kirihara, Tiago Matos, Othon Barcellos e Jéssica Gonçalves foi abordada a complexidade dos processos de higienização de tecidos, incluindo o desafio da sustentabilidade em lavanderias institucionais, industriais e comerciais.

Questões como agressão aos diferentes tipos de fibra têxtil, produtos e maquinários utilizados nos processos foram apresentadas. “É preciso ser sustentável, diminuir o consumo de recursos e gerenciar todos os fatores dentro do processo”, disse Lopes.

Para a convidada Jéssica, ao fazer a higienização dos tecidos é preciso considerar os indicadores e o desgaste das fibras atentando para a remoção das sujidades com a preservação das peças.

Já Matos apontou a necessidade de aplicação de detergente, aditivo alcalino, desengraxante ou um segundo alvejante para eliminação de sujidades em lavanderia hospitalar, por exemplo.

Manutenção da vida útil

A preocupação com a manutenção da vida útil dos tecidos foi listada por Camila, que indicou o uso de sequestrantes e fórmulas com anti-redepositantes. Além disso, formulações com tecnologia de neutralização de odores, onde é possível mitigar o processo com preservação das fibras, foi apontada como importante etapa no processo.

A questão do consumo de água foi outro item observado por Caldeira. De acordo com ele, a qualidade é importante parte do processo, que pode interferir no aspecto das peças ou mesmo na ação dos químicos.

Barcellos por usa vez enfatizou a inovação tecnológica pela qual os equipamentos passaram nos últimos tempos, proporcionando melhor precisão nos processos realizados por lavadoras extratoras industriais.

Além disso, os painelistas chamaram a atenção para: a importância da aplicação do Ciclo de Sinner; a percepção do cliente final em relação à lavanderia; e a capacitação dos profissionais da área para obtenção dos melhores resultados.

Fonte: ABRALIMP.

Foto/Divulgação: ABRALIMP.



Fonte: Revista Higiplus

Tags: processos processo tecidos higienização útil

Leia a notícia inteira