Grupo da UFSCar busca voluntários para pesquisa sobre o impacto do distanciamento social

7 meses atrás 86 visualizações
LinkedIn

Grupo da UFSCar busca voluntários para pesquisa sobre o impacto do distanciamento social Projeto realizado em parceria com a Universidade Federal do Paraná tem como foco crianças e adolescentes com deficiência motora ou intelectual, entre 3 e 17 anos (foto: Marcos Cola/Pixabay)

01 de fevereiro de 2021

Agência FAPESP* – Uma pesquisa de doutorado desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia (PPGFt) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) pretende avaliar, no contexto da pandemia de COVID-19, o impacto do distanciamento social em crianças e adolescentes com deficiência motora ou intelectual, entre 3 e 17 anos.

O estudo é realizado pela doutoranda Beatriz Helena Brugnaro, com bolsa da FAPESP, sob orientação de Nelci Adriana Cicuto Ferreira Rocha, docente da UFSCar, e tem parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e apoio da McMaster University (Canadá).

Estão sendo convidados pais ou responsáveis por crianças e adolescentes com idade entre 3 e 17 anos que tenham deficiência motora ou intelectual diagnosticada. Os voluntários participarão de avaliações on-line e por telefone, com início imediato. As entrevistas se repetirão após quatro meses e, além disso, dois meses após o retorno ao convívio social.

As orientações fornecidas pelos pesquisadores, por meio de cartilhas e conversas com as famílias, incentivam as crianças e os adolescentes a participar da rotina diária em casa e a manter um estilo de vida fisicamente ativo.

Interessados em participar devem contatar a pesquisadora Brugnaro, pelo telefone (19) 99758-1342 (WhatsApp) ou pelo e-mail [email protected], até o final de fevereiro.

*Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da UFSCar.
 

  Republicar

Fonte: Agência FAPESP

Tags: social crianças ufscar adolescentes intelectual

Leia a notícia inteira