Em reunião com ministério, Contag reforça demandas da agricultura familiar para o Plano Safra

3 meses atrás 79 visualizações
LinkedIn

Membros da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag) se reuniram nesta quarta, 9, com o secretário de Agricultura Familiar do Ministério da Agricultura, Fernando Schwanke, para reforçar as demandas do setor para o próximo plano safra.

Plano Safra: Tereza Cristina ainda tenta conseguir R$ 15 bi para equalização

Essas demandas constam de um documento entregue para a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, em abril. e reforçam principalmente os pedidos de redução da equalização da taxa de juros para a agricultura familiar, passando de 2,75% para 1,75%  e, em algumas linhas de investimento, como Semiárido, Bioeconomia, Pronaf Jovem e Pronaf Melhor, a taxa fique em 0,5%. O setor ainda pede um bônus de adimplência para quem for bom pagador.

Ainda não houve nenhum tipo de confirmação por parte do Ministério da Agricultura, mas a secretária de Política Agrícola da Contag, Vânia Pinto, disse já receber algumas sinalizações. “Estamos conversando muito sobre a possibilidade de rebate de R$ 10 mil para o enquadramento da Dap [Declaração de Aptidão ao Pronaf] de renda fora do estabelecimento, e isso vem sendo sinalizado. Outras sinalizações de que seria possível atender a pauta, mas não foi apontado o que exatamente seria atendido”, disse

Ela disse ainda que é preciso “ter ‘pés no chão’ e pensar no que é preciso para avançar na agricultura familiar.”

Fonte: Canal Rural - Agricultura

Tags: agricultura demandas familiar pronaf contag

Leia a notícia inteira