Doutorado direto em química na Unicamp

1 semana atrás 49 visualizações
LinkedIn

Doutorado direto em química na Unicamp Duas vagas estão disponíveis para projeto que utiliza a ressonância magnética nuclear e recursos computacionais para a análise molecular de várias substâncias (imagem: Nobu Hirowumi/Pixabay)

08 de abril de 2021

Agência FAPESP – O Projeto Temático “Ressonância magnética nuclear: das sequências de pulso a determinação estrutural” recebe, até 15 de abril de 2021, inscrições para duas oportunidades de doutorado direto com bolsa da FAPESP.

As atividades de pesquisa são conduzidas no Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas (IQ-Unicamp).

O selecionado para a primeira vaga utilizará várias medidas de difusão molecular por ressonância magnética nuclear (RMN) assistida por matrizes na separação virtual e caracterização dos componentes presentes em uma mistura. Pretende-se avaliar a capacidade de matrizes (surfactantes) quirais e não quirais na eficiência da separação dos componentes.

O segundo bolsista utilizará ressonância magnética nuclear (RMN) e química computacional para investigar as interações envolvendo átomos de flúor e os efeitos dessas interações nas preferências da formação molecular.

Os candidatos devem ter sólida formação em química. É desejável alguma experiência em RMN e capacidade de se comunicar em inglês, além de apresentar excelente desempenho acadêmico ao longo da graduação.

Mais informações sobre as vagas em: www.fapesp.br/oportunidades/4173 e www.fapesp.br/oportunidades/4174.

A bolsa de Doutorado Direto fornecida pela FAPESP tem duração de 48 meses e valor mensal de R$ 2.043,00 no primeiro ano, R$ 2.168,70 no segundo ano, R$ 3.010,80 no terceiro ano e R$ 3.726,30 no quarto ano. Um auxílio financeiro equivalente a 20% do valor anual da bolsa será concedido para despesas diretamente relacionadas às atividades de pesquisa. Os requisitos e benefícios estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/dd.

Outras vagas de bolsas, em várias áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar

Fonte: Agência FAPESP

Tags: oportunidades nuclear fapesp magnética ressonância

Leia a notícia inteira